18 de ago de 2009

5 posições do básico ao essencial

Posição 5



Posição 3 Posição 4





posição 2









Posição1
preparatória para exercicios

Tipos de sapatilhas

Conheça a estrutura de sua sapatilha!!!!
ponteiras de silicone, protegem os dedos no uso da sapatilhas de ponta
























Personalizada sola inteira na cor pink
















Ponta sola inteira em couro











Partner profissional















Ponta iniciante(cerrito biqueira de couro)












Masculina profissional em lona















Masculina couro com strech
















Meia ponta em couro
















Profissional couro com strech

Como crescer como bailarina

* Seja responsável. Só falte às aulas em casos de extrema necessidade.

* Procure fazer aulas diárias. Com elas o progresso é mais rápido e os músculos ficam mais ativos. É muito ruim chegar 'dura' para a aula, e praticando diariamente isso deixa de ocorrer.

* Aceite seus erros. Não discuta com o professor, pois ele vê o que você está fazendo e sabe se está certo ou errado. Há muitas coisas que fazemos e não sentimos que é errado, e o professor só quer nosso bem. Não implique com ele.

* Se no meio da aula o proefssor corrigir alguém, preste atenção e verifique se você também está fazendo o que ele pede. Como já disse, às vezes não sentimos nossos erros, e o professor não tem visão 360º, wnrão antes que ele implique com você, se corrija.

* Fique atenta a todas as informações que seu professor irá dizer. Abra bem o ouvido e questione tudo. Acrescente alguma informação que você saiba ao debate, e sempre preste atenção nas informações que você acha que já sabe, pois o ballet está sendo sempre atualizado, e você pode ficar ultrapassada.

* Se supere. Ultrapasse seus limites. Não fique parada no mesmo ponto em que parou no dia anterior.

(Lembre-se: O suor é a melhor recompensa que você pode receber após uma aula bem feita.)

* Estabeleça metas e se esforce para alcançá-las. Ao final do ano verá se conseguiu e se valeu a pena ou não. E com certeza valerá.

* Nunca pare de tentar executar um passo, mesmo que você canse, desanime ou chore. O sofrimento é necessário. E a conquista de algo após sofrer muito é mil vezes mais recompensador que se você tivesse muita facilidade para executá-lo. E pode ter certeza, se você continuar trabalhando bastante, nunca mais irá deixar de fazê-lo.

(Lembre-se: No ballet não existem os termos "não consigo", "não posso" ou "é impossível". Apague-os de sua memória. Uma bailarina nunca deve pensar nisso.)

* Não desanime se no espetáculo que seu grupo irá apresentar você não pegar o papel que achava que devia. Talvez algo de errado tem ocorrido na hora da definição dos papéis, ou seja você que ainda não está preparada. E por experiência própria posso dizer que dançar sem estar preparada é muito ruim, e não é uma experiência boa (embora aprender com os erros seja fundamental). Você deve estar preparada tanto fisicamente como psicologicamente e emocionalmente.

* Seja humilde. Não se sobreponha a suas colegas por conseguir fazer algo que elas não fazem ou porque seu papel é mais importante que o delas. Você vai virar a "chata", e talvez se desestimule bastante para dançar quando as pessoas começarem a se afastar de você.

* No mais, nunca esqueça que está na luta para se tornar uma bailarina! O mais importante é fazer tudo com prazer, com amor, pois tudo feito com amor se torna melhor.

Artigo retirado de: Amanda Bezerra



Dicas para ser uma aluna disciplinada

O Ballet clássico é muito conhecido por sua forte influência na formação da disciplina de alguém. Geralmente quem já fez ballet tem um comportamento diferente. É um tipo de dança que exige rigidez e esforço, mas que mesmo assim nos apaixona. Portanto, aqui estão pontos básicos que uma bailarina deve seguir para ser bem disciplinada em sala de aula.


1. Sempre prenda o cabelo para suas aulas de ballet. O cabelo solto ou em rabo-de-cavalo atrapalha o desempenho na aula. É aconselhável fazer um coque.

2. Na aula você deve se esquecer de tudo e se entregar de corpo e alma ao ballet. Deixe o relógio em casa. Ficar olhando para o relógio toda hora é tão desconfortante! É preferível também que não use cordão, pois ele em certoos momentos atrapalha a concentração.

3. O vestuário básico de uma bailarina inclui as sapatilhas, a meia e a malha (colã). Não se esqueça de nenhum deles para ir à aula.

4. Procure não se atrasar para chegar à aula. Além de ser meio sem graça, você pode perder alguns exercícios de alongamento, o que não é muito bom.

5. Se na hora que você chegar a professora já estiver passando um exercício, espere pelo próximo. Assim você se alonga um pouco e não faz um exercício mal feito que você nem decorou direito.

6. Converse o mínimo necessário na aula. Mas também não é pra ficar feito múmia, sem nada falar. É legal comentar algumas coisas, que tornam a aula mais descontraída e mais divertida.

7. Fique bem atenta às correções da professora, mesmo que não seja com você. Além de ser interessante ficar por dentro de tudo, você pode acabar percebendo que está cometendo o mesmo erro da pessoa.

8. Sempre, sempre procure ir além do que você foi na aula passada. Não se conforme com o que já conseguiu, queira sempre, sempre mais. Se não consegue, o esforço basta. Em algum tempo você verá que progrediu naquilo que você se empenhou.

9. E uma coisa bem interessante... Ao dançar, se ache linda! Coloque postura, cabeça (mesmo que você fique parecendo aquelas chatinhas :-) e braços, e se sinta em um solo. Esta é uma das partes mais maravilhosas do ballet. A parte em que você se realiza!

Related Posts with Thumbnails